Maria, Arca da Aliança do Novo Testamento

É preciso compreender o que a Arca da Aliança significava para os hebreus e depois compararmos com Maria. A Arca era o sinal da presença de Deus e a confirmação de que Deus agia no meio deles.

Maria, Arca da Aliança do Novo Testamento

Maria, Arca da Aliança do Novo Testamento

Maria, Arca da Aliança do Novo Testamento

Os autores do livro “Projeto Continuidade”[1] fazem uma ligação muito profunda entre a Arca da Aliança com Maria. Vamos apresentar aqui os elementos principais desta ligação.

Primeiro é preciso compreender o que a Arca da Aliança significava para os hebreus. Era o sinal da presença de Deus e a confirmação de que Deus estava no meio deles.

a) A Arca era a indicação do caminho (Js 3,3-17);

b) A Arca era o sinal da vitória (1Sm 4,3s);

c) Diante da Arca o adversário caía (1Sm 5,3);

d) Era o sinal da bênção (2Sm 6,12)

Conteúdo da Arca da Aliança: (Hb 9,4). Os três elementos são figuras de Jesus Cristo, o messias prometido por Deus.

O maná = Jesus é o pão vivo descido do céu (Jo 6,41);

A vara = Jesus é o bom pastor que conduz o povo da nova aliança (Jo 10,10);

As Tábuas da Lei (Palavra de Deus) = Jesus é a palavra de Deus encarnada no meio de nós (Jo 1,14).

Depois desses elementos fica fácil compreender que Maria é a Arca da Aliança do NT, pois trouxe Jesus em seu ventre, como a Arca do AT trouxe a presença de Deus para o povo de Israel. Em Maria se aplicam as características da Arca do AT:

a) Nela se cumpre a profecia de Gn 3,15 = Derrota do Adversário;

b) A presença de Maria é sinal de bênção e louvor a Deus (Lc 1,40-44);

c) Maria é sinal (indicação) do caminho a ser seguido (Jo 2,5);

d) Maria deve ser levada para casa, como a Arca da Aliança era levada para o meio o acampamento (Jo 19, 26).

Nela culmina a primeira grande etapa do mundo, ao mesmo tempo em que em seu coração e seu ventre se iniciam os primeiros tempos, a era messiânica. Ela coroa gloriosamente a etapa de preparação para a vinda do messias e se torna o laço de união com o Novo Testamento.

[1] SANTOS, Manoel do Rosário e PEDROSO, Isabel Cristina dos Santos. Projeto Continuidade. Ed. Nova Evangelização, Brasília: 1994.

Acompanhe-nos pelas redes sociais:

Olá, deixe seu comentário para Maria, Arca da Aliança do Novo Testamento

Já temos 5 comentário(s). DEIXE O SEU :)
Luiz Servelo

Luiz Servelo

As Tábuas da Lei são os Dez Mandamentos ou fragmentos da Bíblia?
★★★★★DIA 06.01.17 01h20RESPONDER
N/A
Enviando Comentário Fechar :/
Dimar Luiz

Dimar Luiz

São os dez mandamentos (as dez palavras), mas são fragmentos da Bíblia, se esta for entendida como um livro em sua totalidade.
★★★★★DIA 07.01.17 00h36RESPONDER
Luiz Servelo
Enviando Comentário Fechar :/
Luiz Servelo

Luiz Servelo

Temos que respeitar os Dez Mandamentos assim como respeitamos ao Deus em carne (Jesus), inclusive o mandamento que diz para guardarmos o Sábado?
★★★★★DIA 09.01.17 16h16RESPONDER
N/A
Enviando Comentário Fechar :/
Dimar Luiz

Dimar Luiz

Sim, devemos respeitar os Dez Mandamentos como Palavra de Deus. Todos eles, não apenas o Sábado! Porém é preciso entender a novidade trazida por Jesus: não a Lei pela Lei, mas pelo espírito da Lei. Jesus faz uma releitura dos Dez Mandamentos em Mateus, se lembra? Afinal, Ele é o promulgador da Lei e tem autoridade para interpretá-la.
★★★★★DIA 09.01.17 16h38RESPONDER
Luiz Servelo
Enviando Comentário Fechar :/
Luiz Servelo

Luiz Servelo

Sim sim, me lembro, amar à Deus e ao próximo.
★★★★★DIA 09.01.17 16h40RESPONDER
Dimar Luiz
Enviando Comentário Fechar :/
Enviando Comentário Fechar :/

Veja também os posts relacionados!